quarta-feira, 14 de outubro de 2009

/eu recomendo

aos colegas aspirantes a jornalistas e àqueles que simplesmente apreciam a arte de ler: o livro Minhas Memórias dos Outros de Zuenir Ventura.

Este livro traz o testemunho de Zuenir, um dos mais brilhantes jornalistas de nosso tempo, sobre um período que vai do final dos anos 50, quando publica suas primeiras reportagens, até os dias de hoje. Em meio a lembranças pessoais e coletivas, estão as principais mudanças comportamentais, políticas e sociais, revividas em episódios conhecidos e desconhecidos, em personagens famosos e anônimos.

Minhas Memórias dos Outros é como um romance real de uma época em que houve do melhor e do pior: revolução sexual e arrojadas aventuas existenciais, mas também flagelos planetários como a aids e o narcotráfico; depressão e euforia, choro de alegria e tristeza.

Há relatos surpreendentes, como a entrevista com Fidel Castro, com o traficante mais procurado do Rio de Janeiro na década de 1990 e outras histórias que nunca puderam ser publicadas. Quando concluí a leitura, fiquei com o sentimento: nossa, acabou... que pena. Fascinante.

Um comentário:

Renan Barbosa disse...

Não estou a fim de ler um livro teórico, mas também enjoei dos tradicionais "romances da modinha".. Tah ai uma boa opção de leitura... Quando terminar o que estou lendo vou ler esse xD