segunda-feira, 14 de junho de 2010

/só o Felipão não basta

Quem não se lembra do Palmeiras da Parmalat. Campeão da Libertadores com o técnico Luiz Felipe Scolari. Mais de dez anos depois, o Verdão encontra-se endividado, com problemas internos, controversas entre os próprios jogadores e entre a diretoria, muito distante daquele Palmeiras da saudosa Parmalat.

Felipão volta, mas só ele não basta para que o time se reerga. O Kleber também voltou, mas também não é o suficiente. A esperança é que a Fiat banque os cobiçados 700 mil de salário do novo técnico durante os dois anos e meio de contrato. E ainda tem as contratações que precisam ser feitas.

Mas a questão principal não é se Scolari dará conta do recado de fazer um time desestruturado triunfar, porque a diretoria confusa de Belluzo e Cipulo já demitiu Luxemburgo e Muricy Ramalho, além de Antônio Carlos. Só Scolari não basta. Mas vamos torcer.

2 comentários:

Renan Barbosa disse...

Concordo! O Palmeiras tem que contratar jogadores à altura de Felipão. Afinal, técnico não joga e não ganha jogo.

Muito bacana o novo visual do Blog, Parabéns Edna.

/Bjus

André Almeida disse...

Vamos ver se o palmeiras agora com um técnico de ponta, consiga bons resultados,a diretoria tem que dar o respaldo para o Scolari e priorizar um trabalho a longo prazo, e não demitir de de 2 em 2 meses, como fez com o Luxa, Muricy e Antonio Carlos pagando altas multas por recisão de contratos.

Até que enfim(rsrs) esse blog tá de volta, após férias forçadas kkk

*Parabéns Edna!