sábado, 20 de junho de 2009

O diploma pra jornalista caiu. Mas o Jornalismo não.


É muito fácil pros três poderes que compõem o nosso Estado Democrático de Direito, o Brasil (!), especialmente o Judiciário, desqualificar aquele que é chamado de Quarto Poder, o Jornalismo, porque se não fosse a imprensa, os cidadãos jamais saberiam das falcatruas que arrolam nos bastidores do poder.
*
O Supremo, em seus argumentos superficiais abriu uma brecha para que uma infinidade de cursos superiores sejam desregulamentados. E o próprio órgão já não sabe se deve exigir ou não diplomas de seus jornalistas. Pode ser que contratem bons cozinheiros, afinal, tudo acaba em pizza na política!
*
Mas se em tudo há um lado bom, nessa história de liberar o exercício do Jornalismo a qualquer um que queira "liberdade de expressão", o lado BOM é que a classe de jornalistas nunca esteve tão unida em prol de uma causa, causa esta que beneficia acima de tudo a sociedade.

4 comentários:

brunofreitas08 disse...

"porque se não fosse a imprensa, os cidadãos jamais saberiam das falcatruas que arrolam nos bastidores do poder"

Falou e disse Edna, ainda tem muita água pra rolar.

Sucesso no seu blog.
Abraços
Bruno Freitas

Mario disse...

Poutz!

que rasteira Hein!

INfelizmente o Jogo é esse.

joguinho sujo por sinal

e nao pode parar de jogar!



Força quarto poder

jadir disse...

tchaaau Luxaaaaaa
Foi triste mas fazer o q né?
O K9 é o cara né?

André Almeida disse...

Impeachment para Gilmar Mendes!