terça-feira, 30 de junho de 2009

Novo enem altera o tradicional vestibular


O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998 com o intuito de avaliar a capacidade adquirida pelos alunos ao concluírem a escolaridade básica. É utilizado também como critério de seleção para os estudantes que concorrem ao PROUNI, o programa que dá bolsas parciais ou integrais em faculdades particulares.
*
Neste ano, batizado de novo Enem, a prova muda as características quanto ao conteúdo, agora são 180 questões divididas em quatro áreas (Ciências Naturais, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, além da redação) e tal mudança foi feita, de acordo com o MEC, com os objetivos principais de democratizar as oportunidades de acesso às universidades federais, possibilitar maior mobilidade acadêmica e a reestruturação dos currículos do ensino médio.
*
A seleção unificada é informatizada e on line e ocorrerá apenas com as universidades que adotaram o Enem como fase única. O candidato poderá concorrer a cinco cursos ou instituições. Nesse sistema, as instituições informarão quantas vagas têm disponíveis para cada curso, e qual é o peso que cada uma das grandes áreas do conhecimento terá na nota final.
Cerca de 500 faculdades já usam o Enem no processo seletivo. As universidades têm autonomia e podem optar entre quatro possibilidades para utilização: como fase única, com o sistema de seleção unificada on line, como primeira fase, combinado com o vestibular da instituição ou como fase única para o vestibular de vagas remanescentes.
*
Em Minas Gerais, as universidades federais de Alfenas e Lavras adotarão o novo Enem como fase única no processo seletivo e também para preencher vagas remanescentes. A federal de Itajubá utilizará a nota do Enem como fase única nos cursos do campus Itabira e para alguns cursos do campus Itajubá. As demais oito federais mineiras utilizarão as notas do Enem na composição final do vestibular ou em porcentagens reservadas, exceto a UFMG que ainda estuda o uso do exame nacional para 2011.
*
A prova será realizada em dois dias, no mês de outubro. E se o objetivo é melhorar o ensino médio, principalmente das escolas públicas, temos que aguardar a resposta a longo prazo.

Um comentário:

André Almeida disse...

Um grande auxilío aos estudantes, PARABÉNS, para quem tem competência de ir bem no ENEM,e ganhar uma bolsa de estudos, que é muito concorrido.